Páginas

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Insônia (ou "Nunca deixe um notebook perto de Nany Hackabout").


Meus queridos gafanhotos, estou de volta mais uma vez nessa interwebs linda. Como vocês sabem, estou estudando demais - ah! essas engenharias são um problema - e acabei largando (quase) tudo, blog incluso. Procês terem ideia, nem no facebook eu estava entrando direito!!!! Meu skype então, coitado, já deve até ter sido suspenso por falta de uso. Só o twitter que às vezes eu atualizava alguma coisa (background novo, por exemplo, ainda mais agora que a minha diva linda tem um site oficial com fotos maravilhosas e hiper amorzinhos), mas mesmo assim...

só um exemplo das belezuras que existem no site da minha deusa-mor

Anyway, o blog com certeza vai continuar abandonado como sempre foi, mas farei questão de postar alguma coisa nem que seja para encher o saco.

Aliás, no exato momento que escrevo isto, são pouco mais de uma e meia da matina, e eu tenho aula daqui a seis horas. É, estou com insônia. E como sempre acontece quando estou com insônia, a inspiração chega, linda como ela é, mas vocês me conhecem e sabem que vou acabar escrevendo algo nada a ver com o que me veio primeiro à mente. Vou tentar organizar meus pensamentos.

Primeiro, essa coisa dos médicos cubanos chegando às nossas terras. Não é por nada não, mas os médicos brasileiros não têm mais o que fazer além de ficar vaiando os cubanos no aeroporto não? Tanta gente por aí sem tratamento porque falta médico e onde os caras (e moças, mas cês me conhecem e eu tenho uma puta preguiça de escrever, então entendam os caras = todo mundo, independente do que tem no meio das pernas) estão no aeroporto. Vaiando. Os. Outros. Porra. Se não querem médicos estrangeiros, por que diabos vocês não vão pros lugares que eles terão de ir? Aliás, por que vocês não fizeram isso antes? Aliás, de novo, por que vocês NUNCA fizeram isso? Caralho. Tipo, ok, eu fiquei sabendo que a tal bolsa de tantos mil reais só é paga no primeiro mês na prática (fonte confiabilíssima, eu tenho lá meus contatos), e todo mundo sabe que as condições de trabalho são ruins e pá, mas, caras, se tá difícil para vocês que têm diploma e o caralho à quatro, imagina para a população que nem médico no posto de saúde tem? O juramento de Hipócrates fica onde? "Mas nossa Ana, pensa no lado dos médicos também, olha a miséria de salário" CARAS, NINGUÉM, N-I-N-G-U-É-M ganha 30 mil/mês fácil assim que sai da faculdade, médico então... Já repararam que médico rico é só velho? É porque já fez trocentos mil anos de especializações, trabalhou em quarenta mil lugares e o caralho à quatro (ou tinha uns contatos básicos, mas né, quem tem contato não tá no aeroporto vaiando os cubanos) and all this stuff. E mais: cês tão jurando que o salário nas grandes cidades são muito melhores que nas cidades pequenas né? HEHEHEHEHEHE deixem-me contar uma novidade para vocês: NÃO. E se for para reclamar de salário, meus queridos, quero apenas lembrar a vocês que tem professor por aí ganhando um salário mínimo para trabalhar três turnos em escola de periferia. Parafraseando uma amiga: diploma de medicina não lhe dá o direito de ser babaca ou agir como um. Acabou.

Segundo ponto da madrugada de hoje: feminismo. Sei lá caras, tem umas feministas muito babacas por aí, assim como tem umas feministas muito gente boas e super inteligentes. Mas, como sempre, as babacas me deixam de boca aberta. Isso não vem ao caso, porque o x da questão é: qual é a birra do universo com o feminismo/as feministas? E, sim, AS feministas, porque quando um macho fala "Sou feminista" NOSSAAAAAAAA, ele vira o pica das galáxias e todo mundo ama ele e "nossa você é super politizado defende os direitos da mulher isso é lindo cara", mas quando uma mulher fala "Sou feminista" MEU DEEEEUS, todo mundo atira pedra e acha que a mina vai em manifestação do Femen (que eu, particularmente, não gosto) fazer topless para "chamar a atenção" - porque é só isso que feminista faz: chamar a atenção. Nunca é defender seus DIREITOS (o que, pela lógica, ela não precisaria defender, já que é DIREITO). "olha lá aquela vagabunda não faz nada o dia inteiro e fica lá na rua gritando atrapalhando o trânsito e atrasando o MEU horário de chegar em casa", nunca é "que coisa linda as mulheres saindo à rua para fazerem valer seus direitos", são sempre trocentas mil pedras na mão. Então, sério, o que diabos vocês têm contra as feministas? Eu tenho a séria impressão de que o feminismo é quase visto como um nazismo, ou pior, porque do jeito que falam, pqp viu. Acho que nem Hitler sofreu tanta retaliação assim.
Pera.
Ele não sofreu retaliação por conta do holocausto enquanto era vivo.
Ba dum tss.


Terceiro: novela. Que porra de novela das nove é essa? Ok, eu sei que já faz tempo que essa porcaria começou, mas foi só de uns tempos para cá que liguei a televisão na hora e PORRA. Tem tanta coisa errada, tanta coisa, que caras, fico estupefata. A começar pela Tatá Werneck, que não devia ter levantado a bunda da MTV. Só aí já dá para saber que ela cometeu o maior erro da vida dela. A personagem dela é louca para arranjar um homem rico, engravidar e dar o golpe do baú no cara (a mando da mãe, vulga Elizabeth Savalla, entendi bem?). Tipo, deve existir mina assim mesmo (alô marias-chuteiras do meu Brasil), não duvido, mas qual é a necessidade de ter colocado isso na novela? Não, tipo, é sério. Eu ainda não achei razão para existir essa personagem. Poderia muito bem ser SÓ a Elizabeth Savalla tendo um caso lá com o Luis Melo administrador fodão que sofreu o acidente e perdeu a memória e depois recuperou e descobriu que era apx por ela e ela descobriu que ele era quaquilionário e já era casado e tinha enganado ela e agora ela tá pensando se vai processar ele porque ela também tá apx por ele (obrigada vovó por sempre me contar da novela, mesmo sem eu pedir) and all this stuff. E fontes (é, o site da novela mesmo) acabam de me informar que a personagem da Tatá tá grávida mas ela não sabe se é do milionário que ela tá pegando ou do verdadeiro amor dela???? Pera produção. Tá ficando complicada a coisa. Quer dizer que além de falar que a mina realmente tá tentando dar o golpe do baú ela ainda transou sem camisinha e com caras diferentes em pleno 2013???????????????? Ai Gl(r)obo.
Outra coisa na novela: Antônio Fagundes. O cara já fez tanta coisa que dá até medo. Tá pegando a secretária (SHAME ON YOU, Vanessa Giácomo, SHAME ON YOU), e não é a primeira vez que ele trai a mulher - Suzana Vieira, que também já passou da hora de acordar nessa novela -, já que o filho do Félix - o gato do Mateus Solano - é na verdade filho dele com a MULHER DO FÉLIX (Bárbara Paz, a eterna namorada do Supla na Casa dos Artistas) - que era uma prostituta que o cara PAGOU para casar com o Félix - e ele ainda é corrupto. Troféu filho da puta do ano. Minha cabeça já até deu um nó para falar desse cara, então tirem as suas próprias conclusões (insira uma vozinha irritante sussurrando ao seu ouvido "filho da puta, filho da putaaaaa").
Mais outra: o casal gay. Achei bacana a iniciativa de falar sobre barriga de aluguel e casal gay no mesmo núcleo e coisa e tal, mas porra... estão enrolando muito com essa história já. Sem contar que a Danielle Winits deveria ter continuado em Malhação mesmo. E não tinha nome melhor do que Eron pro personagem do Marcello Antony não? Caralho. Um puta nome feio desses e ainda querem que eu leve a sério esse núcleo.
Outra, outra, outra: Fabiana Karla. Volta pro Zorra Total amor, porque lá você sabia que tava passando vergonha. Volta. Outra personagem desnecessária, atriz desperdiçada...
Falando em atriz desperdiçada, e a linda da Carolina Kasting que é só figurante de luxo do núcleo pobre (é sério gente, em qualquer lugar que você olhar eles realmente definem núcleo pobre, núcleo rico, núcleo classe média, etc)? Walcyr Carrasco, meu querido, dá uma guinada na história da personagem dela, tá ficando chato já ela ficar pelos cantos só passeando com o cachorro, me ajuda aí, uma atriz dessas e você me bota para passear com o cachorro?
Bota a Marina Ruy(va) Barbosa para passear com o cachorro, ela já tá morta mesmo... HEHEHEHEHEHE ok, sem piadinhas com a Nicole. Já basta ter morrido porque não cortou o cabelo.
EAHEUAHUEHAUHEUAHEUHAUEHAUHEAU não resisto. Só acho que ela não devia nem ter entrado na novela, mas fazer o quê né.


Chega né gente, já são três da matina e eu tenho aula daqui quatro horas e meia.
Sigam a estrada de tijolos amarelos.
Ósculos e amplexos.

Um comentário:

  1. Maurício A. Soares18 de set de 2013 19:48:00

    WOOOOOW. Eu comecei a ler pelo segundo ponto e, bem... Desculpe-me, mas não concordei com muito pouco do que disse (quase nada).
    But, chegando onde eu deveria ter começado, que é o primeiro ponto que a srtª escreveu, WOOOOOW... Falou muito bem. Não sei nem como comentar sobre isso. Você explicou muito bem o que muitas pessoas tentam expressar.
    Tá, eu to com preguiça de escrever, então vamos ao meu único comentário ao segundo ponto: Estou com preguiça de dizer e explicar em qual parte concordo e em qual discordo sobre essa visão do feminismo, mas adorei sua comparação com Hitler. Eu jamais conseguiria bolar um final assim para o texto. aiuhasuisja
    Bom, ponto 3 e último: Não assisto novela. ;)

    Beijos :*
    E nem inventa, pare de dizer que o blog está abandonado. Adoro seu blog.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião (: